sábado, 5 de setembro de 2009

Enfim...


Já tinha referido por cá que não achava graça a esta moçoila... e como haveria de achar! OH GOD! mas depois disto talvez (Talvez!!!!) lhe encontre piada... porque, sim, dá para rir!

"Odeio os caroços das frutas. Só como cerejas quando a minha empregada tira os caroços por mim."


* e que tal, em vez de a deixaram dizer barbaridades, lhe tapassem a boquinha e fechassem a perninhas (porque são arqueadas, não me interpretem mal, mas sem ser cruzadas ... que isso ela faz sempre), ah?! Digo eu!

11 comentários:

* Estrela disse...

Esta menina é um bocadinho irritante :p

*

* Estrela disse...

Esta menina é um bocadinho irritante :p

*

Gingerbread Girl disse...

AAAAAAAAAAI que CROMA!! =D

NO fucking way!!

Ela disse isso?!?
Ai
que
cromaaaaaaaa!


daç

Bituca disse...

"Anseios da Carolina" já vi. ENFIM, maior tristeza!
Nunca pensei, mas tem demasiada mania para o meu gosto!
Ela que se mate, era um favor para a humanidade! ahah

Olhos Dourados disse...

Tadinha, ainda bem que tem empregada, senão nem podia comer cerejas! LLOOLL

* Estrela disse...

Selo para ti no meu blog :)

*

umquarentao disse...

Apelo em divulgação na internet:

Educação Sexual sem Tabus nem Neo-Tabus:
- Úteros Artificias (Uma Investigação Cientifica Prioritária) e prostituição subsidiada.

Ainda há parolos é que acreditam em histórias da carochinha... mas há que ASSUMIR a realidade:
- Nas Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas apenas os machos mais fortes é que possuem filhos.
- No entanto, para conseguirem sobreviver, muitas sociedades tiveram necessidade de mobilizar/motivar os machos mais fracos no sentido de eles se interessarem/lutarem pela preservação da sua Identidade. De facto, analisando o Tabú-Sexo (nas Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas) chegamos à conclusão de que o verdadeiro objectivo do Tabú-Sexo era proceder à integração social dos machos sexualmente mais fracos; Ver http://tabusexo.blogspot.com/.


CONCLUINDO:
1º- Cada um é como é, as mulheres são como são, e os machos mais fracos (um exemplo: eu!) devem borrifar-se para o facto de serem rejeitados pelas mulheres: recorrer/pagar a prostitutas é uma actividade normal, não é uma actividade marginal [nota: os machos - das Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas - devem ter direito a uma prostituição mais barata (leia-se subsidiada)].
2º- Nas Sociedades Tradicionalmente Poligâmicas é natural que sejam apenas os machos mais fortes a terem filhos, NO ENTANTO, as Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas têm de Assumir a sua História!!! Isto é, estas sociedades não podem continuar a tratar os machos sexualmente mais fracos como sendo o caixote do lixo da sociedade!!! Isto é, os machos ( dotados de Boa Saúde ) rejeitados pelas fêmeas devem possuir o legítimo Direito de ter acesso a ÚTEROS ARTIFICIAS...



UMA OBSERVAÇÃO:
Hoje em dia, por um lado, muitas mulheres vão à procura de machos de melhor qualidade sexual, nomeadamente, machos oriundos de sociedades tradicionalmente Poligâmicas: nestas sociedades apenas os machos mais fortes é que possuem filhos, logo, seleccionam e apuram a qualidade dos machos.
Por outro lado, hoje em dia muitos machos das sociedades tradicionalmente Monogâmicas vão à procura de fêmeas Economicamente Fragilizadas [mais dóceis] oriundas de outras sociedades...

Carla disse...

Não acredito! Ainda não tinha ouvido falar nisso! É caso para dizer "a minha alma está parva!"

Escola disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Maria disse...

Mais uma coisinha!!!! A menina só não come cerejas com caroços como também uvas com grainha, a não ser está claro, que a escrava oficial lá de casa as tire.
Por ironia do destino tem um namorado Gonçalo Uva!!!! Tadinho!!!! Digo eu….

Anónimo disse...

Tixa.. é a primeira vez que visito o teu blog, mas só por este post... ADORO-TE! :)
Diogo Bento